Bamberg und die 3 Musketiere. Bamberg e os 3 Mosqueteiros.

No último dia 15 de setembro visitei Bamberg, na Bavária. Na verdade eu tinha reservado o fim de semana para visitar Julia em Bayreuth, mas naquele sábado ela foi para Erfurt fazer uma visita ao campo de concentração Buchenwald. Por isso decidi ir até Bamberg. Ainda bem que tive essa ideia. Convidei a Érica, autora do blog Muito além do jardim – que aliás eu super recomendo – para ir comigo e desbravar a cidadezinha. Érica mora em Neuendettelsau, há 1:30 h dali. Julia pediu para lhe trazer uma caixa contendo alguns pertences que ela deixara na sua antiga casa em Halle. Dispus-me a trazer a caixa, sem saber que era tão pesada. Acabei deixando no guarda-volumes da Hauptbahnhof. Nesse meio tempo chegou Érica e nos dirigimos para o centro da cidade, que foi reconhecido como patrimônio mundial em 1993 pela UNESCO. A cidade é tipicamente medieval e sua arquitetura é praticamente 100% original, já que Bamberg foi poupada dos bombardeios da 2ª Guerra Mundial. Entre os séculos X e XVII Bamberg foi residência de reis, imperadores e filósofos. A catedral de Bamberg, que em 2012 celebrou 1000 anos, é um exemplo da herança medieval da cidade, que hoje conta com aproximadamente 70.000 habitantes. Na catedral está enterrado o Papa Clemente II, incluindo Bamberg na seleta lista de lugares onde Papas encontram-se enterrados fora do Vaticano. Outra herança medieval da cidade são suas cervejarias. Atualmente a cidade possui 9 cervejarias e a cerveja mais famosa é a Schlenkerla ou genericamente Rauchbier. Provei a Rauchbier, a famosa cerveja defumada típica da cidade. Os turistas descrevem-na como se fosse uma cerveja usada para lavar ou cozinhar salsicha, linguiça. Ela tem um gosto bem acentuado de fumaça, de toucinho, e é bem pesada, oleosa. Gostei, achei diferente. Mas é o tipo de cerveja para se tomar só de vez em quando. Comumente os grãos de malte germinados são secos ao sol, mas em Bamberg eram colocados em estufas e secos com a ajuda do fogo e, em contato com a fumaça, adquiriam o sabor distinto. Comemos um prato típico da Bavária: vários tipos de salsciha, Leberkäse, batatas (Kartoffelsalat e Bratkartoffel) e chucrute (Sauerkraut – põe “sauer” nisso!). Foi uma luta para comer tudo, pois o prato era gigantesco. Os clientes das mesas ao lado só ficavam reparando e cochichando. E os turistas olhavam espantados para o tamanho do prato ou talvez da nossa fome.
O lugar mais bonito na minha opinião é o Jardim de Rosas (Rosengarten). Há um centena de variedades, cores e formas de rosas no jardim, sem contar na vista privilegiada sobre a cidade. Mas a vista do alto do Monastério também é adorável. Bamberg, da mesma forma que Roma, também possui sete colinas, e o esforço em subir e descer as ruelas íngremes vale a pena pelo valor histórico das residências. Os turistas aglomeram-se no centro da cidade, onde o cheiro das salsichas assadas – as Bratwurst – flutuva pelo ar. Em Bamberg há vida, as pessoas parecem alegres, animadas. Crianças corriam nas ruas calçadas de pedras. Essa é a famosa atmosfera da Bavária, que assim como Munique, transpira leveza e animação. Havia uma feira de antiguidades pelo centro da cidade. Dezenas de mesas de madeiras com centenas de objetos antigos, um mais interessante que o outro. Se eu tivesse como trazer para o Brasil ano que vem, certamente teria comprado várias coisas. Após caminhar a tarde inteira por este cenário literalmente cinematográfico – sim, Bamberg serviu de cenário para as filmagens da versão mais recente de Os Três Mosqueteiros – segui rumo a Bayreuth para reencontrar a doce Julia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

2 comentários sobre “Bamberg und die 3 Musketiere. Bamberg e os 3 Mosqueteiros.

  1. muitoalemdojardim disse:

    Ah! muito, muito legal!(= Tu escreve super bem Leo! Adoro vir aqui e ler teus posts! =D Dá uma vontade danada de poder ir para estes lugares que tu menciona, provar destas delícias gastronômicas! HUmmm! hehehe Um abração! Te cuida. (=

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s